Brasil

Aeronautas farão assembleia pra definir participação na greve geral no dia 28 de abril
As assembleias serão realizadas em São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília e Porto Alegre
Por: Redação FENTAC com SNA - Publicação: 18/04/2017 às 14:26 - Atualização: 18/04/2017 às 14:29
Imagem de Aeronautas farão assembleia pra definir participação na greve geral no dia 28 de abril

Foto: SNA

Os aeronautas realizarão assembleia na próxima segunda (24) para deliberar sobre a adesão da categoria à greve geral no dia 28 de abril, contra a reforma da trabalhista. A informação é do Sindicato Nacional dos Aeronautas.

As assembleias serão realizadas às 13h30h em São Paulo, Campinas, Rio de Janeiro, Brasília e Porto Alegre. 

Em nota, o SNA alerta  os tripulantes de todo o país sobre os enormes riscos à profissão trazidos pelo texto substitutivo da Reforma Trabalhista, apresentado na última quinta-feira (13), que altera 117 artigos da CLT (Consolidação das Leis do Trabalho) e representa potencialmente uma precarização sem precedentes para a profissão de pilotos e comissários, afetando inclusive a segurança de voo. 

"Agora, com a aprovação do regime de urgência, o tempo para atuação no campo negocial e de discussões ficou ainda menor ―a matéria poderá ir a plenário na Câmara já na semana que vem.O SNA, juntamente com a categoria, atuou intensamente durante a terça e a quarta-feira para conscientizar deputados, inclusive o relator do projeto e o presidente da comissão especial, sobre as necessidades específicas dos pilotos e comissários.

Segundo a nota, o Sindicato informa que os deputados Jerônimo Goergen (PP-RS) e Goulart (PSD-SP) apresentaram emendas ao projeto que será apreciado pelo plenário, que propõe:  

Combate à possibilidade de trabalho intermitente, ou seja, em que a empresa poderia chamar o contratado para trabalhos esporádicos e pagar apenas por trabalho realizado; 
Combate à possibilidade de demissão por justa causa de quem perder CMA ou for reprovado em exame de revalidação; 
Combate ao fim da ultratividade de Convenções Coletivas, o que faria com que as CCTs ficassem nulas logo após o fim se sua vigência, pondo em risco uma série de direitos;
Combate à extinção da obrigação de negociação prévia com sindicato antes de demissões em massa. 

 

28 de abril, greve geral

 A CUT e as centrais sindicais definiram o dia 28 de abril para um novo movimento nacional de protestos e paralisações contra as reformas do governo golpista de Temer, incluindo Previdência, legislação trabalhista e terceirização. "Vamos parar o Brasil" é o tema da mobilização, que ocorrerá às vésperas do 1º de Maio e pretende influenciar nas propostas em discussão no Congresso Nacional.

 

Confira os endereços
Assembleias acontecerão nesta segunda-feira (24) nos locais:

Rio de Janeiro:
 Novotel, localizado na Av. Marechal Camara, 300 - Centro
São Paulo: Hotel Slaviero Slim, localizado na Rua Baronesa de Bela Vista, 499 – Vila Congonhas
Porto Alegre: Representação do SNA, localizada na Avenida dos Estados, 1825, loja 06, Anchieta
Brasília: Base Concept Hotel, Aeb, localizado no Setor de Concessionárias – Lote 02, Lago Sul
Campinas: Representação do SNA, localizada no Centro Empresarial Viracopos, SPE, Rodovia Santos Dumont, km 66, S/N, 2° andar, sala 217


Assessoria de Imprensa e Comunicação da FENTAC/CUT
Agência: Mídia Consulte Comunicação Criativa & Marketing
Jornalista Responsável e Editora: Viviane Barbosa Mtb 28121
Jornalista-redatora: Vanessa Barboza - Mtb 74572
Redação:  jornalismo@midiaconsulte.com.br


Notícias Relacionadas

FENTAC repudia demissão em massa de Call-Center na LATAM-Argentina

22/05/2017 -

Entidade manifesta também solidariedade aos trabalhadores e pede à companhia que reveja medida

#OcupaBrasília Trabalhadores na Aviação Civil se somarão à luta na capital federal

22/05/2017 -

Movimento tem o objetivo de pressionar os parlamentares contra a aprovação das reformas e exigirá a renúncia de Temer e Eleições Diretas Já

SNA agenda reunião com INSS em Brasília para tratar situação das perícias médicas das aeronautas gestantes

19/05/2017 -

Segundo o Sindicato, há reclamações de tripulantes de que peritos não têm conhecimento da legislação da categoria, que concede o direito de afastamento à trabalhadora no período gestacional

+ Notícias

Publicações

+

Da Federação

Dos Sindicatos Filiados

Campanha Salarial 2016/2017

Galeria de Fotos

Encontro internacional da ITF com trabalhadores da Avianca/TACA

Sindicatos Filiados

Parceiros