Aéreas começam operações especiais de fim de ano

O objetivo é facilitar o embarque e desembarque nos aeroportos do país até o mês de fevereiro de 2015

92

Entrou em vigor no inicio de dezembro a operação especial de fim de ano organizada pelas companhias aéreas Avianca, Azul, Gol e TAM. O objetivo é facilitar o embarque e desembarque nos aeroportos do país até o mês de fevereiro de 2015, com o aumento tradicional de passageiros, no período de alta temporada. A expectativa da Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear) é que a movimentação seja intensa nos dias que antecedem o Natal e Ano Novo.

Procedimentos

Nesse sentido, as companhias irão adotar procedimentos como antecipação da manutenção programada das aeronaves; disponibilização de aviões reserva; oferta de voos extras, principalmente para cidades de grande conectividade; programação das escalas de férias e folgas para garantir maior efetivo de tripulantes; remanejamento das equipes de agentes de aeroportos para terminais de maior demanda; reforço nas equipes de operação em solo (restituição de bagagens e manutenção) e de call center; medidas de resiliência e suporte em tempo integral para os serviços de TI, o que permite a realização do check-in mesmo com a ausência de sinal de internet; e monitoramento permanente das condições meteorológicas.

Situações emergenciais

Além das medidas preventivas, as companhias reforçaram os procedimentos para situações emergenciais. Para isso, firmaram acordos operacionais com empresas congêneres para reacomodação, além de parcerias com restaurantes e hotéis em caso de impossibilidade de embarque, como estabelecem o Código Brasileiro de Aeronáutica e a Resolução 141, da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC).

Orientações aos passageiros

Para os passageiros que utilizarão o transporte aéreo nas saídas das festas de final do ano, a Abear tem orientações simples, mas que são fundamentais para agilizar o embarque: passageiros de voos nacionais devem chegar com, no mínimo, uma hora de antecedência, para os que vão para o exterior, o ideal é que estejam no aeroporto três horas antes do embarque; os terminais de autoatendimento são a melhor opção para realização do check-in; para a bagagem de mão, o cliente deve utilizar uma mala pequena e que não ultrapasse o limite de peso de 5 kg; e para evitar filas no raio-x, é recomendado que o usuário não utilize objetos metálicos, como relógios, cintos, pulseiras e sapatos com saltos metalizados, entre outros.

Com informações do Portal da Aviação Civil