Aeroviários da TAP M&E paralisam em Porto Alegre

 Os trabalhadores da TAP Manutenção & Engenharia (antiga VEM) paralisaram as atividades esta manhã (terça-feira, 27/10), após receber comunicado da empresa ampliando a jornada para dois sábados por mês.
A mudança é proposta após o término da vigência de um acordo entre empresa e funcionários de redução de jornada e salários. A alteração de jornada da TAP M&E visa a redução do turno de trabalho noturno e do pagamento do adicional noturno aos funcionários.
Os aeroviários e o Sindicato da categoria em Porto Alegre são contrários à medida, que reduz os salários em um momento em que os trabalhadores estariam voltando a receber os valores anteriores ao acordo.
A direção do Sindicato afirma que esperava que a empresa valorizasse o sacrifício dos seus trabalhadores, que abriram mão de parte dos salários ao longo de vários meses em prol da reestruturação financeira da TAP M&E.
A rejeição dos funcionários à mudança da jornada comunicada hoje foi o estopim da paralisação, que acontece no pátio do hangar da empresa, em Porto Alegre.
A direção do Sindicato encontra-se no local, em frente à sede da TAP M&E (Rua 18 de Novembro, 800, esquina com Rua Augusto Severo).
 

 

294