Chile: Encontro dos Trabalhadores da Rede Latam discute melhorias para aeronautas e aeroviários

A FENTAC/CUT participou da atividade promovida pela ITF

343

Dirigentes da FENTAC/CUT participaram nos dias 13 e 14 de abril do Encontro dos Trabalhadores da Rede Latam (fusão entre a chilena LAN Airlines e a brasileira  TAM Linhas Aéreas). A atividade promovida pela Federação Internacional dos Trabalhadores em Transportes (ITF) foi realizada no Hotel Fundador, em Santiago, no Chile.

O eventou reuniu  aeroviários e aeronautas do Brasil, Paraguai, Chile, Argentina, Peru, Colômbia, Equador e Panamá.

Na ocasião foram discutidos os temas: cláusula de periculosidade (30%), concedida para os aeroviários, com efeito retroativo, Campanha Salarial Unificada dos aeronautas e aeroviários filiados à FENTAC, iniciada em setembro do ano passado e que sofreu intermediação do TST com consequente  obtenção de ganhos acima da inflação, a Comissão Paritária para avanço nas negociações, o projeto de lei dos aeronautas, a questão da fadiga,  entre outros assuntos de interesse das categorias.

Sindicato pelegos

Durante o encontro também foi debatida a questão dos sindicatos “amarillos”, que dizem lutar pelos interesses dos trabalhadores, mas são controlados e financiados pelos patrões. “Esse tipo de entidade pelega surge sistematicamente na base dos aeroviários e nós estamos buscando um combate efetivo”, destacou o presidente da FENTAC/CUT, Sergio Dias.

Terceirização

O encontro também colocou em discussão a questão da terceirização. Apesar de êxitos individuais na justiça pelo fim dessa prática, o PL 4330/04, que permite a subcontratação ilimitada da mão de obra e os consequentes salários reduzidos, jornada de trabalho estendida e a fragmentação da organização sindical, foi recentemente posto em votação no Brasil. “Os companheiros da América Latina apoiam integralmente nossa luta para a derrubada desse Projeto de Lei nefasto contra a classe trabalhadora”, destaca Sergio.

Calendário de negociações 

O calendário de lutas de todos os sindicatos, federações e associações presentes no evento foi compartilhado para que todos os companheiros tenham conhecimento das ações de cada entidade.

Foi avaliado também as seguintes táticas: atuações de organizações internacionais, denúncias de práticas antissindicais e ainda sobre participações e panfletagens em grandes eventos esportivos na região ou mesmos pontos turísticos relevantes.

Solidariedade aos trabalhadores na Lan Chile

Os sindicalistas participaram de uma assembleia na sede da CUT-Chile em apoio aos trabalhadores da Lan Express, que estão sofrendo com péssimas condições de trabalho e baixos salários.

Foi realizada uma marcha até  o palácio de governo chileno, onde foi entregue uma carta endereçada a presidente da república, Michelle Bachelet , alertando-a sobre possíveis atrasos e cancelamentos de voos da LAN e TAM durante a Copa América.

Seminário sobre a saúde do trabalhador na aviação

As entidades participantes definiram como meta a realização de um seminário internacional sobre saúde do trabalhador na aviação, a ser realizado em agosto  próximo (data a definir) no Rio de janeiro, Brasil com apoio da ITF, sindicatos e Federações.

Aliança Avianca/Taca

O encontro também discutiu a aliança da Avianca/Taca. “Após inúmeros relatos de representantes dos trabalhadores dessas empresas ficou definido que iremos buscar uma melhor  organização para combater as práticas antissindicais existentes e dessa forma fortalecer as relações entre os trabalhadores e os sindicatos”, pontua Sergio.

Redação FENTAC