Brasil

Guarulhos: FENTAC e sindicatos filiados protestam contra demissão arbitrária de sindicalistas do Sintaag

Em menos de um ano foram demitidos sete dirigentes, que têm direito à estabilidade no emprego, garantida em Lei.

Por: Viviane Barbosa, da Redação da FENTAC - Publicação: 12/04/2018
Imagem de Guarulhos: FENTAC e sindicatos filiados protestam contra demissão arbitrária de sindicalistas do Sintaag

Protesto no Terminal 3 do GRU Airport - foto: sindicatos

Dirigentes da FENTAC/CUT e dos sindicatos aeroviários de Guarulhos, do Nacional de Aeroviários e do Sintaag (Sindicato dos Trabalhadores em Empresas Auxiliares no Município de Guarulhos filiado à CUT)  realizaram nesta quinta-feira (12) protesto no saguão do Terminal 3 do Aeroporto Internacional de Guarulhos –  GRU Airport. O movimento contou com o apoio de sindicatos e federações de trabalhadores dos setores da construção civil e do transporte e trânsito.

Os trabalhadores na aviação denunciaram aos passageiros das empresas aéreas América Arlines, Air France e KLM as demissões arbitrárias de dirigentes do Sintaag, que foram efetuadas pelas empresas auxiliares no Aeroporto. Segundo as entidades sindicais, em menos de um ano foram demitidos sete dirigentes do Sintaag, que têm direito à estabilidade no emprego, garantida em Lei, assegurada no seu artigo 8º da Constituição Federal Brasileira.  

As entidades informam que medidas judiciais já foram tomadas, como exemplo, foi formalizada denúncia no Ministério Público do Trabalho em Guarulhos. Também esclarecem que o pedido de registro sindical do Sintaag junto ao Ministério do Trabalho está em andamento e, portanto, nada impede que seus dirigentes tenham direito à estabilidade  sindical, conforme preceitua a Constituição Federal Brasileira e estão asseguradas em jurisprudências do Tribunal Superior do Trabalho e Supremo Tribunal Federal.   


“Este foi o primeiro dos protestos em defesa dos companheiros do Sintaag. Mais atos com paralisações serão realizados nos aeroportos onde atuam estas empresas auxiliares em todo o Brasil. Continuaremos a luta pela readmissão desses trabalhadores, que foram demitidos de forma arbitrária”, alertam a FENTAC e os sindicatos aeroviários.

História 

Fundado em 26 de junho de 2014, o  Sintaag representa a voz e a vontade dos trabalhadores nas empresas auxiliares no Aeroporto Internacional de Guarulhos, que decidiram dar um basta ao invasor, pelego e patronal do Sinteata. Devido ao compromisso e respeito com os trabalhadores, o Sintaag vem sofrendo todo tipo de retaliação por parte dessas empresas. 
A fundação do Sintaag contou com o apoio de grandes entidades sindicais, como a Confederação Nacional dos Trabalhadores em Transportes e Logística da CUT (CNTTL), a FENTAC e de todo setor aéreo brasileiro.


Trabalhadores percorrem o TPS 3 no GRU Airport - foto: Sindicatos


Assessoria de Imprensa e Comunicação da FENTAC/CUT
Agência: Mídia Consulte Comunicação Criativa & Marketing
Jornalista Responsável e Editora: Viviane Barbosa Mtb 28121
Jornalista-redatora: Vanessa Barboza - Mtb 74572
Redação:  jornalismo@midiaconsulte.com.br


Notícias Relacionadas

FENTAC e Sindigru repudiam perseguição e demissão de dirigentes do Sintaag/CUT e se somam à luta em defesa da organização sindical nas auxiliares

15/03/2018 -

Esse é um ato arbitrário contra a livre organização dos trabalhadores, constituindo-se em crime repudiado por leis nacionais e internacionais

+ Notícias

Publicações

+

Da Federação

Dos Sindicatos Filiados

Galeria de Fotos

Abertura do Congresso da ITF em Cingapura - 14 de outubro de 2018

Sindicatos Filiados

Parceiros