Brasil

GRU Airport reconhece truculência de agentes de seguranças em reunião com Sindigru

Diretores da Concessionária pediram desculpas e reforçaram que os seguranças podem abordar,mas qualquer atitude suspeita deve ser informada às autoridades policiais

Por: Viviane Barbosa, Redação FENTAC - Publicação: 03/10/2018
Imagem de GRU Airport reconhece truculência de agentes de seguranças em reunião com Sindigru

Vista aérea do GRU Airport - foto: wikipedia

Após o grave episódio de agressão envolvendo agentes de seguranças no Aeroporto Internacional de São Paulo (GRU Airport), a Concessionária se reuniu nesta quarta-feira (3) com o Sindicato dos Aeroviários de Guarulhos (Sindigru). 

Durante a reunião, os representantes do GRU disseram que tomaram conhecimento sobre os vídeos de agressões e consideraram inadmissível a conduta dos seguranças – que agiram de forma truculenta e hostil contra passageiros, trabalhadores do Aeroporto, inclusive uma senhora idosa.  

Leia matéria
Seguranças do GRU Airport agridem trabalhadores e passageiros, denuncia Sindicato dos Aeroviários

Diretores da Concessionária pediram desculpas e reforçaram que os seguranças podem abordar, mas qualquer atitude suspeita deve ser informada às autoridades policiais. Também se comprometeram em implementar regras para a equipe e irão investir em treinamentos e formação  para adaptar os seguranças ao sítio aeroportuário. Eles farão um  treinamento complementar  semelhante ao dos agentes de proteção da aviação civil (APACs).

A Concessionária informou que conta com 30 agentes de segurança contratados há quatro meses e os envolvidos no episódio foram advertidos e um deles foi desligado.  

A administradora do Aeroporto também parabenizou o Sindigru por ter se prontificado em notificar esse tipo de ocorrência, que vai além da esfera do trabalho, e reforçou que deseja manter um canal aberto de diálogo com o Sindicato.

Segurança  de  voo 

Na ocasião, dirigentes do Sindicato apontaram também a precariedade no trabalho das empresas terceirizadas no pátio de manobras.  “Elas não têm oferecido os equipamentos de segurança para os trabalhadores, o que coloca em risco suas vidas. Além disso, isso afeta diretamente a segurança de voo”, destacou a direção do Sindicato. 

A Concessionária disse que vai acompanhar a situação e solicitou ao Sindicato que sempre a mantenha  informada sobre qualquer tipo de acontecimento, e será “um braço” para resolver essas questões. 

Reunião

Participaram da reunião pelo Sindigru: o presidente Rodrigo Maciel e os dirigentes Cláudio Chagas (Xinxim), Orisson Melo, Leandro Cavalcante e Ivanildo Marques de Oliveira.  Representando a concessionária estiveram presentes os diretores Miguel Dau, Chefe de Operações, e Daniel Moraes, responsável pela área de Relações de Trabalho.


Assessoria de Imprensa e Comunicação da FENTAC/CUT
Agência: Mídia Consulte Comunicação Criativa & Marketing
Jornalista Responsável e Editora: Viviane Barbosa Mtb 28121
Jornalista-redatora: Vanessa Barboza - Mtb 74572
Redação:  jornalismo@midiaconsulte.com.br


Notícias Relacionadas

Guarulhos: Sindicalistas mulheres cobram da Ethiopian Airlines providências sobre casos de assédio psicológico contra trabalhadoras

18/09/2018 -

Em reunião, realizada na sede do Sindigru, empresa se comprometeu em averiguar os casos e dará um retorno

Sindigru garante direitos dos aeroviários demitidos na Latam

24/08/2018 -

Após longa negociação, a empresa concordou com a pauta do Sindicato

Guarulhos: Sindigru realiza Curso sobre Convenção Coletiva de Trabalho e reforça combate à precarização

01/08/2017 -

Durante dois dias, os dirigentes debateram com profundidade os mais de 55 direitos conquistados com muita luta

+ Notícias

Publicações

+

Da Federação

Dos Sindicatos Filiados

Campanha Salarial 2018

Galeria de Fotos

Assinatura da Convenção Coletiva de Trabalho dos aeroviários da FENTAC/CUT 2018/2019

Sindicatos Filiados

Parceiros