Aeronautas aprovam em assembleia estado de greve

Desta forma, pilotos e comissários de voo se juntam aos aeroviários

317

Os aeronautas aprovaram em assembleias realizadas, em São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Porto Alegre e Campinas, o estado de greve em todo o país devido ao não avanço nas negociações para a renovação da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) da aviação regular para 2015/2016. A informação é do Sindicato Nacional dos Aeronautas.

Desta forma, pilotos e comissários de voo se juntam aos aeroviários, que já haviam  aprovado o estado de greve, no dia 7 de janeiro. 

A categoria rejeitou a última proposta das empresas aéreas, que oferecia 0% de reajuste salarial, com abonos a serem pagos nos meses de junho (1%), julho (2%), agosto (3%), setembro (4%), outubro (5%) e novembro (9%).

Também foi decidida a manutenção da pauta de reivindicações definida no último dia 7 de janeiro, quando a categoria aprovou como contraproposta a redução da pedida de reajuste salarial de 15% para 12%, como forma de sinalizar boa vontade nas negociações sem abrir mão de um mínimo de reposição frente à inflação.