Táxi Aéreo: Aeronautas recusam proposta do SNETA e fazem contraproposta para CCT 2016/17

Aeroviários ainda vão realizar assembleias com os trabalhadores

815

O Sindicato Nacional dos Aeronautas ( SNA) realizou assembleia com aeronautas no táxi aéreo na terça (11)  em seis cidades para informar sobre o andamento das negociações para a renovação da CCT (Convenção Coletiva de Trabalho) de  2016/17, bem como para deliberar sobre o rumo das tratativas.

Segundo o Sindicato, os aeronautas presentes confirmaram a recusa da contraproposta apresentada pelo Sindicato Nacional das Empresas de Táxi Aéreo (SNETA), que pretendia pagar um abono único aos trabalhadores, sem nenhum reajuste de salários, e corrigir as demais cláusulas econômicas no percentual do INPC apurado no período.

Ainda segundo o SNA,  os aeronautas aprovaram a flexibilização do pleito inicial, desenvolvendo nova proposta que consiste em reajuste de salário, pisos e demais cláusulas sociais econômicas em 8,39% (INPC + 1%) e manutenção das demais reivindicações conforme pauta inicial.

A nova reivindicação será encaminhada ao SNETA para continuidade das negociações.

Aeroviários

Os Sindicatos dos Aeroviários filiados à FENTAC ainda vão realizar assembleias com os trabalhadores para deliberar sobre a proposta de abono do SNETA.