FENTAC em defesa da NR16 (periculosidade)

89

A Federação Nacional dos Trabalhadores em Aviação Civil (FENTAC), em conjunto com o Departamento Intersindical Estudos Pesquisas de Saúde e Ambiente de Trabalho (DIESAT) e Federação única do Setor Aéreo (FUSA), está trabalhando pela defesa da periculosidade prevista pela NR16, com objetivo de garantir a segurança dos trabalhadores e trabalhadoras do setor aéreo em seus locais de trabalho, em especial aqueles que atuam no setor de abastecimento, tanto público quanto privado. 

Isso porque a Associação Brasileira das Empresas Aéreas (ABEAR) está tentando alterar a NR16, retirando a questão da periculosidade, principalmente no que se refere aos trabalhadores e trabalhadoras de pistas, pátios e hangares.

Antes de elaborarmos um documento técnico, contamos com a sua colaboração para responder um questionário, que irá nos auxiliar a identificar o perfil de trabalhadores e trabalhadoras aeroviários, aeroportuários e aeronautas. Basta acessar o link https://forms.gle/JrPDKFauenG1JXYu7.

A intenção da pesquisa é conhecermos os ambientes e impactos dos processos de trabalho. O resultado possibilitará não só ações imediatas e mas também subsidiarão a ação da FENTAC e FUSA em torno das pautas fundamentais das categorias.

Com esses dados em mãos, iremos elaborar e encaminhar em março de 2024 um documento de defesa dos trabalhadores à Comissão Tripartite Paritária Permanente (CTPP) em Brasília.

A pesquisa está sendo desenvolvida pelo DIESAT, que assessora o movimento sindical em ações relacionadas à saúde e trabalho, fomentando ações e estudos através da escuta de quem está diretamente buscando o seu sustento diário e observando as condições de trabalho e impacto sobre sua saúde e seu modo de sobreviver.

O tempo para responder todas as perguntas deste questionário é de até 15 minutos. Sua participação é voluntária, sem qualquer prejuízo ou constrangimento para o(a) pesquisado(a). Porém a participação em massa irá contribuir para a força da luta.