Táxi Aéreo: Terceira rodada de negociação entre FENTAC e SNETA não avança

Sindicato patronal, novamente, não apresentou contraproposta para os aeronautas e aeroviários do setor

798

Terminou sem avanço a terceira rodada de negociação da Campanha Salarial entre a FENTAC e  o Sindicato Nacional das Empresas de Táxi Aéreo (SNETA) para atualização da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) 2016/2017.  O encontro aconteceu nesta quinta (2), na sede do Sindicato patronal, no Rio de Janeiro. A data base dos aeroviários e aeronautas que trabalham no setor de táxi aéreo venceu em 1º de dezembro de 2016.

Novamente, o SNETA não apresentou um índice para os Sindicatos apresentarem para as categorias.

Os trabalhadores reivindicam a reposição integral da inflação calculada pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) dos 12 meses da data-base de dezembro, que fechou em 7,39%, e mais 5% de ganho real nos salários e demais benefícios econômicos.

Próxima rodada

A FENTAC e os Sindicatos aguardam uma proposta formalizada do SNETA para agendar uma nova rodada de negociação.

CCT 2015/2016

Já a Convenção Coletiva de Trabalho do ano de 2015/2016 continua ainda sem desfecho de renovação. O descaso do SNETA é um desrespeito com os trabalhadores, que estão sem reajuste e atualização de seus direitos desde 2015.

Após a realização de duas greves bem sucedidas pelas categorias, e diante do impasse gerado pela bancada patronal, a questão foi levada ao Tribunal Superior do Trabalho (TST) para instauração de processo de dissídio coletivo.