Latam: Tripulantes vão decidir em assembleia nesta segunda (5) proposta para evitar demissões

    Uma nova audiência na 8ª Vara do Trabalho de São Paulo está marcada para o dia 8

    370

    Tripulantes na Latam de São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre e Brasília vão avaliar em assembleia nesta segunda-feira (5) a proposta da empresa para tentar evitar a demissão de 55 comandantes e promover o retorno dos que aderiram à LNR (Licença Não-Remunerada) e que gostariam de permanecer na ativa.

    Segundo o Sindicato, a proposta da empresa foi acordada em audiência realizada no  23 de agosto na 8ª Vara do Trabalho de São Paulo.

    O SNA informa que a proposta da Latam prevê descontos lineares na remuneração de todos os tripulantes (comandantes, copilotos e comissários) que poderão variar de acordo com a quantidade de aeronautas que optarem pela desistência da LNR e voltarem à ativa.

    O desconto pode variar de 1,6% da remuneração (caso não haja nenhum retorno da LNR) a até 2,9% (caso 100% dos optantes pela LNR decidam retornar).

    O acordo proposto tem a duração de sete meses, até março de 2017, e dá estabilidade ao grupo até o prazo final, exceto demissões por justa causa ou perda de carteira.

    Nova audiência
    Uma nova audiência na 8ª Vara do Trabalho de São Paulo está marcada para o dia 8 de setembro. 

    O departamento jurídico do SNA permanece disponível para eventuais dúvidas por meio do e-mail juridico@aeronautas.org.br ou do telefone (11) 5531-0318 (ramal 101).

    ""