Macaé: Sindicato dos Aeroviários identifica descumprimento da CCT no Táxi Aéreo

Entidade entrará com medidas cabíveis para cobrar cumprimento da Convenção

378

A Campanha de Sindicalização promovida pelo Sindicato Nacional dos Aeroviários (SNA) no Aeroporto de Macaé (RJ), entre os dias 9 e 13 de novembro, teve importância fundamental para a categoria. Após contato direto com os profissionais do setor de táxi aéreo, Selma Balbino, diretora executiva do Sindicato e Secretaria geral da FENTAC, constatou graves descumprimentos nas cláusulas 18, 31 e 32 da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT).

Elas dizem respeito, respectivamente, ao pagamento de domingos e feriados; necessidade de redução da força de trabalho; remuneração ao funcionário que substituir o titular no cargo. Selma Balbino garante que ações de cumprimento serão interpostas às empresas de táxi aéreo, com o objetivo de resguardar os interesses dos profissionais do setor.

Conscientização da categoria

A Campanha de Sindicalização é marcada pelo esclarecimento aos direitos garantidos à categoria aeroviária pela CCT e Regulamentação Profissional. Além de um stand montado no Aeroporto de Macaé, em que os aeroviários tiveram a oportunidade de conversar diretamente com representantes sindicais do SNA, foram distribuídas a Cartilha de Sindicalização, uma história em quadrinhos que conta um pouco da trajetória do Sindicato e aborda a importância de ser filiado à essa entidade; a Cartilha de CCT de Táxi Aéreo, que teve a atualização assinada em 18 de setembro de 2015.