Porto Alegre: Aeroviários rejeitam proposta de banco de horas da TAP ME

O Sindicato defenderá as reivindicações da categoria em reunião na terça (7)

328

Os aeroviários de Porto Alegre rejeitaram, em assembleia, nesta quarta-feira (1º), a proposta de banco de horas da TAP ME, mas autorizaram o Sindicato a negociar com a empresa uma alternativa, que garanta contrapartidas trabalhistas. A entidade  defenderá as reivindicações em reunião na terça (7). 

De acordo com o Sindicato dos Aeroviários de Porto Alegre, os trabalhadores pedem estabilidade, banco de horas negativos de faltas e atrasos (para evitar descontos nos salários), e que uma parte dessas horas possa ser gozada na data que o aeroviário escolher (hoje, a empresa impõe o dia da folga). Além disso, querem que a TAP ME considere o tempo de deslocamento para consultas médicas, em 1h por trecho, nos abonos. 

Redação FENTAC com Sindicato dos Aeroviários de Porto Alegre