Táxi Aéreo: FENTAC recebe nova proposta de reajuste do SNETA

Greve parcial dos aeronautas e aeroviários prevista para esta quarta-feira (6) está temporariamente está suspensa

478

FENTAC/CUT e os Sindicatos filiados dos aeronautas e aeroviários  receberam uma nova proposta do  Sindicato Nacional das Empresas de Táxi Aéreo (SNETA) para atualização da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT).

A proposta consiste em reajuste de acordo com o INPC, calculado em 11,98%, para os trabalhadores que  recebem até R$ 1800 e concessão de valor fixo mensal de R$ 197,46 para quem ganha acima desse valor. 

Nos vales alimentação, refeição, seguro de vida e diárias, o reajuste seria de  5% e os pisos receberiam reajuste de 10%. No entanto, a proposta não contempla o pagamento retroativo à data base das categorias, que é 1º  de dezembro – os valores apenas seriam aplicados a partir da assinatura da CCT.

Diante disso, a greve parcial prevista para esta quarta-feira (6), das 7h às 9h da manhã nos aeroportos de Macaé, Cabo Frio, Campos dos Goytacazes e Farol de São Tomé está temporariamente está suspensa.

Assembleias

Os aeronautas deliberarão a proposta com a categoria nesta quarta-feira (6). Já os aeroviários farão assembleias itinerantes com os trabalhadores a partir de sexta-feira (8).

TST

O Tribunal Superior do Trabalho (TST), por meio do novo vice-presidente, Emmanoel Pereira, também convocou a FENTAC e o SNETA para uma audiência de mediação, ainda sem data definida, em Brasília,