Pilotos na Latam estão em Estado de Greve

    Nova assembleia será realizada no dia 29 de janeiro

    925

    Os pilotos na Latam Airlines deliberaram em assembleia realizada na sexta-feira (19)  por elaborar e aprovar uma proposta a ser apresentada à companhia para solucionar a questão da contratação de copilotos diretamente para o Boeing 767. Diante disso, a categoria manteve Estado de Greve até que a empresa apresente uma resposta às reivindicações. A informação é do Sindicato Nacional dos Aeronautas (SNA).

    Segundo o Sindicato, a proposta aprovada pelos aeronautas na assembleia prevê que a empresa terá que implantar imediatamente a Lista Única de Acesso – regramento único do acesso dos pilotos às promoções e às transições de equipamentos – e remunere os oito copilotos preteridos com a média do B767.

    Com isso, os aeronautas aceitam as condições apresentadas pela Latam de manter os oito copilotos já contratados no Boeing 767, desde que permaneçam neste equipamento até no máximo o primeiro trimestre de 2019, quando serão alocados para o A320 —garantido mediante assinatura de um termo de compromisso entre Latam e SNA.  Além disso, a empresa também recua das contratações de outros oito copilotos que também iriam direto para o B767. A proposta será levada pelo SNA à Latam.

    Assembleia 

    Uma nova assembleia será realizada no dia 29 de janeiro, às 13h30, em São Paulo, para definir novos encaminhamentos.