South African Airways anuncia saída do país

SAA anunciou na última sexta-feira, 6 de fevereiro, que descontinuará a rota São Paulo – Joanesburgo

567

Na última sexta-feira, dia 6 de fevereiro, um pronunciamento da South African Airways pegou seus trabalhadores no Brasil de surpresa, alegando um plano de reestruturação organizacional da Companhia aérea, a empresa anunciou o encerramento de seus trabalhos no país, descontinuando assim a rota São Paulo – Joanesburgo prevista para o dia 29 de fevereiro.

A empresa assegurou aos seus passageiros com voos programados pela companhia que atenderão seus compromissos estabelecidos com seus clientes, realocando voos ou reembolsando integralmente o valor das passagens.

O anúncio da saída da companhia do país junto a alegação de problemas financeiros gera um clima de apreensão entre os funcionários, portanto a FENTAC e o SINDIGRU (Sindicato regional responsável pelos funcionários da empresa) acompanharão de perto o processo de saída da empresa do país para assegurar que as trabalhadoras e trabalhadores da empresa recebam o mesmo tratamento que seus clientes, tendo todos os seus direitos respeitados e garantidos.

Além do aviso de saída do Brasil, a SAA anunciou que encerrará a grande maioria dos voos na Africa do Sul, mantendo apenas as rotas de ou para Cape Town, e ainda de maneira reduzida. Os informes da empresa alegam que sua empresa secundária, a Mango, não sofrerá nenhuma alteração em sua programação e continuará a funcionar normalmente.

Segundo a própria SAA, o plano de reestruturação da empresa deverá ser apresentado no final de fevereiro, e garantiu o funcionamento de seu escritório no país pelos próximos meses, atendendo seus passageiros e agência de viagens.