Aeronautas participam de grupo para expandir participação do Brasil na Ifalpa

Iniciativa visa debater a implementação de normas internacionais da aviação, com base em pesquisas e estudos

483

O Sindicato Nacional dos Aeronautas (SNA) e as associações Abrapac (pilotos), Asagol (tripulantes Gol) e ATT(tripulantes TAM)  uniram forças na formação de um grupo de trabalho para dar suporte técnico à atuação brasileira em temas ligados à Federação Internacional das Associações de Pilotos (Ifalpa).

De acordo com o SNA, na primeira reunião do grupo realizada na segunda-feira (14), em São Paulo, foram discutidos temas como FRMS (Sistema de Gerenciamento do Risco de Fadiga), risco baloeiro e situação de aeródromos. Além disso, foi traçado um plano de trabalho para as próximas ações e foram criados comitês para temas específicos.

Segundo o Sindicato, o objetivo do esforço conjunto é expandir e consolidar a participação do Brasil na proposição, no debate e na implementação de normas internacionais da aviação, com base em pesquisas e estudos, visando sempre a segurança de voo e as melhores condições de trabalho para as tripulações.

O comandante Osvaldo Neto, vice-presidente executivo da Ifalpa para a região CAR/SAM e diretor do SNA, ressaltou a importância do grupo de trabalho. “Temos muito a contribuir nesta cooperação internacional por meio do intercâmbio de conhecimentos e experiências. O Brasil agora é protagonista neste cenário”, disse.