Aerus: FENTAC e lideranças dos Estados vão a Brasília continuar luta para garantir a abrangência dos pagamentos

Em áudio, a porta-voz da Federação, Graziella Baggio, esclarece boatos “Não existe situação de anulação do pagamento aos beneficiários contemplados”

444

O presidente da FENTAC/CUT, o aeronauta, Sergio Dias, dirigentes da Federação e  lideranças das Comissões dos Estados do Aerus (Ari Guidolin, Porto Alegre, Ângelo, Paraná/Santa Catarina, Lourival Honorato, Comandante Tomas, presidente da Associação dos Trabalhadores da Transbrasil, São Paulo, Comandante Zoroastro, Rio de Janeiro, entre outros)  foram a Brasília esta semana para mais uma batalha junto à Superintendência Nacional da Previdência Complementar (PREVIC) para confirmar o pagamento aos aposentados e pensionistas do Fundo, contemplados na tutela antecipada.

Na terça-feira (23), o grupo se reuniu com o novo diretor-superintendente da PREVIC, José Roberto Ferreira, para tratar as pendências do Aerus, como a questão da abrangência, as pensionistas pós 2006 e os elegíveis e demais assuntos.  

Em áudio para o FENTAC ao Vivo, a porta-voz da Federação, Graziella Baggio, disse que a reunião foi bastante proveitosa. “Sentimos uma receptividade muito grande dos argumentos que nós apresentamos. O novo diretor se mostrou prático diante das nossas questões”, destaca Graziella.

Já o presidente da FENTAC, Sergio Dias, acredita que agora as pendências do caso Aerus vão se desenrolar. “Esperamos avançar e garantir que todos os aposentados, pensionistas, ativos e elegíveis sejam devidamente contemplados”, acrescenta Dias.

Na reunião, foi comunicado também, que o interventor do Aerus, José Pereira, será substituído por Aubiérgio Barros de Souza Filho, interventor do Fundo durante o período de 2007 a 2009.

""

Pagamentos

A porta-voz da FENTAC assegurou que não existe situação de anulação do pagamento aos beneficiários contemplados. “Está confirmado o pagamento de fevereiro e os demais do ano de 2016. O dinheiro será depositado e não há motivos para preocupação. A única pendência que temos é a abrangência da tutela antecipada para pensionistas pós 2006 e elegíveis, de acordo com a antecipação de tutela”, esclarece.

Graziella informa também que qualquer informação extraoficial poderá ser encaminhada à FENTAC para ser confirmada. “Muitas notícias falsas acabam criando um estresse desnecessário e nós não queremos mais óbitos. Nossos anos de luta foram tristes e suados de trabalho, agora, precisamos que todos vivam um pouco em paz”, finaliza.