FENTAC vai a Brasília em defesa da NR16

30

 

A Federação Nacional dos Trabalhadores em Aviação Civil (FENTAC) esteve em reunião na última terça-feira, 25, em Brasília, na Comissão Tripartite Paritária Permanente (CTPP) em defesa da periculosidade prevista pela NR16.

Na ocasião, a FENTAC apresentou para a bancada do governo, a bancada dos trabalhadores e a bancada patronal o documento técnico elaborado em conjunto com o Departamento Intersindical Estudos Pesquisas de Saúde e Ambiente de Trabalho (DIESAT) que esclarece a necessidade de garantir a segurança dos trabalhadores e trabalhadoras do setor aéreo em seus locais de trabalho, em especial aqueles que atuam no pátio de manobras e hangares. 

O documento vem sendo elaborado desde novembro de 2023 e contou com a colaboração dos trabalhadores e trabalhadoras aeroviários, aeroportuários e aeronautas.

A intenção de alterar a NR16 por parte da Associação Brasileira das Empresas Aéreas (ABEA) retira a questão da periculosidade, principalmente no que se refere aos trabalhadores e trabalhadoras de pistas, pátios e andares.

“Foi uma excelente apresentação, um excelente documento, onde fizemos também nossa intervenção pela bancada dos trabalhadores onde eu citei a antipatia, a falta de ética e o desprezo pela vida humana por parte da bancada patronal. Antipatia porque não é cabível uma mudança na NR16 sendo que o perigo existe, o perigo ali está. O combustível, o querosene da aviação pega fogo, ele tem o risco de explosão e ele faz mal para a saúde do trabalhador e para o meio ambiente. O que nos leva a crer na antipatia do patrão para com os trabalhadores do setor aéreo. E chegando ao desprezo pela vida dos trabalhadores do setor aéreo, principalmente dos que trabalham no pátio de manobras” apontou o presidente da FENTAC, Paulo Alexandre.

A defesa para garantir a NR16 ainda continua por parte da FENTAC. “Provavelmente em outubro teremos mais, teremos o grande debate, com a fala patronal e dos trabalhadores, com intervenção dos dois lados fazendo sua defesa.” complementou o presidente. 

Confira abaixo a apresentação elaborada pelo DIESAT na íntegra.