FENTAC apoia greve geral dos trabalhadores na Aerolineas Argentinas e de sua filial Austral

Paralisação dos tripulantes e trabalhadores em solo terá duração de 24 horas e está prevista para iniciar às 00h desta terça-feira (31)

851

A Federação Nacional dos Trabalhadores em Aviação Civil da CUT (FENTAC)  manifesta apoio à greve geral por 24 horas  dos trabalhadores na Aerolineas Argentinas e de sua filial Austral, que está prevista para iniciar às 00h desta terça-feira (31).  

A paralisação foi aprovada após o não avanço nas negociações com as  empresas e o Ministério do Trabalho do país para o reajuste salarial dos trabalhadores.  A categoria reivindica uma melhoria salarial de 26%  e as companhias aéreas estatais ofereceram 20%. 

Segundo os sindicatos, o reajuste oferecido pelas companhias é insuficiente para manter o poder de compra dos salários dos trabalhadores que estão cada vez mais defasados pela inflação acumulada e pelo aumento em todos os serviços públicos anunciados pelo governo nacional.

O movimento é organizado pelos cinco sindicatos que representam a categoria:  Asociación de Pilotos de Líneas Aéreas (APLA), Unión de Aviadores de Líneas Aéreas (UALA), Asociación de Personal Técnico Aeronáutico (APTA), Asociación de Personal Aeronáutico (APA)  e Unión de Personal de Seguridad Aeronáutico (UPSA).

A FENTAC se solidariza com a luta e apoia a paralisação dos tripulantes e trabalhadores em solo da aviação civil Argentina, que é legal e legítima. Todo apoio aos companheiros argentinos! 

Luiz Sergio de Almeida Dias
Presidente da FENTAC/CUT

""