Porto Alegre: Avianca, Aeromot-Brandt e Tap Me são denunciadas pelos aeroviários

Sindicato dos Aeroviários formalizou as denúncias e aguarda encaminhamentos

339

Avianca

A empresa área está exigindo de forma irregular os comprovantes de despesas diárias de seus funcionários, o que contraria o item 6 da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT).

Na CCT é garantido o pagamentos de hospedagem, transporte e alimentação e não há indicação de que seja necessária a apresentação de comprovantes. O pagamento é um direito do trabalhador e tem o valor fixo.

Aeromot-Brandt

A empresa atrasou o pagamento dos salários de agosto e setembro, os depósitos do FGTS e o pagamento do plano de saúde, que foi bloqueado para o uso dos funcionários.

“Condenamos a falta de compromisso da empresa com o trabalhador, e questionamos porque a Aeromot prioriza investimentos em equipamentos e deixa “na mão” o seu pessoal”, diz nota do Sindicato. 

O Sindicato dos Aeroviários de Porto Alegre enviou denúncia à Superintendência Regional do Trabalho e Emprego (SRTE) e aguarda encaminhamentos.

TAP ME 

Os trabalhadores da TAP ME enfrentaram um vazamento de combustível durante a remoção das tubulações no tanque de uma aeronave.  No manual do fabricante da aeronave há medidas de segurança que não estão sendo seguidas pela empresa. 

“Apesar de ser uma situação de rotina, há medidas de proteção à saúde do trabalhador que são menosprezadas pela empresa, como a ventilação do tanque”, diz Sindicato em nota. 

O Sindicato cobrou a TAP ME para que siga o manual e solicitou para o Serviço Especial de Segurança e Medicina do Trabalho (SESMT) que substitua as normas de segurança conforme as orientações do manual do fabricante da aeronave.