Aerus: Desembargador libera verba e mantém benefícios em 100% aos aposentados e pensionistas

Segundo a porta-voz da FENTAC/CUT, Graziella Baggio, a transferência dos valores deve ser concluída até o início da próxima semana

474

O desembargador federal, Daniel Paes Ribeiro,  despachou nesta quarta-feira (28) a verba depositada pela Previdência Social e decidiu pela manutenção dos benefícios de forma integral aos aposentados e pensionistas do Aerus (Fundo de pensão dos trabalhadores da Varig, Transbrasil, entre outras).  

Essa liberação permitirá a transferência dos R$ 179 milhões, que já estão depositados em conta judicial. Com isso, os pagamentos dos benefícios serão restabelecidos em 100%.

Segundo a porta-voz da FENTAC/CUT, Graziella Baggio, a transferência dos valores, que se referem aos atrasados de setembro de 2014 até hoje, deve ser concluída até o início da próxima semana. “A Justiça ainda é séria e graças a Deus nos tivemos, por unanimidade, uma vitória em cima dos argumentos da União. Agora aproveitem e vivam a vida”, comemora Graziella.

Agradecimentos

A porta-voz agradeceu ao empenho do escritório Castagna Maia, que acompanha o caso desde 2003. “O trabalho intenso do nosso escritório é referente a todo coração e empenho do Dr. Maia, e resgatado e pelo Dr. Lauro e Dra. Carolina, que bravamente conseguiram chegar a esse momento. Eles merecem nossa total gratidão”, ressalta.

Graziella também agradeceu a participação das Comissões dos Estados, a senadora Ana Amélia (PP/RS), o senador Paulo Paim (PT/RS) e todos os parlamentares que apoiaram diretamente o caso, em especial, ao deputado Rubens Bueno (PPS/PR), que no dia de hoje junto ao Dr. Lauro foi agradecer ao desembargador pela sensibilidade e senso de Justiça.

A luta continua

A porta-voz reforçou que a luta para que todos  os participantes sejam contemplados continua. “Com certeza, em breve, nós estaremos discutindo a questão maior na qual traremos a solução para os ativos e para os passivos dos aposentados”, finaliza.

Sobre o pagamento

Após uma longa batalha judicial, política e de grandes mobilizações organizadas pela Federação Nacional dos Trabalhadores em Aviação Civil (FENTAC/CUT), pelo Sindicato Nacional dos Aeronautas (SNA/CUT) e pelas Comissões dos Estados a presidenta da República, Dilma Rousseff, sancionou no dia 31 de dezembro de 2014 a Lei 13.062 (antigo PLC31/2014), que libera R$ 248,265,342 milhões em créditos orçamentários para que o Ministério da Previdência Social cumpra sentença judicial de 19 de setembro de 2014, que determina a complementação dos benefícios para os beneficiários do Aerus.

FENTAC ao Vivo

Para ouvir o áudio na íntegra da porta-voz da Federação, Graziella Baggio, acesse o FENTAC ao Vivo na página principal do site. 

Qualquer novidade sobre o caso Aerus, a FENTAC se pronunciará em novo texto. 

Vanessa Barboza, Redação FENTAC