Campanha Salarial: Aeroviários realizam assembleias em GRU, POA, Recife e nas base do Nacional nesta sexta-feira (18)

    O Sindicato Nacional dos Aeronautas consultou os tripulantes em assembleia no dia 11 e a proposta das empresas foi recusada

    444

    Os sindicatos filiados à FENTAC dos aeroviários de Guarulhos, Recife, Porto Alegre e Nacional de Aeroviários realizam nesta sexta-feira (18) assembleias nas suas base sobre a Campanha Salarial 2016/2017. 

    Em boletim da FENTAC distribuído à categoria,  as lideranças do setor aeroviário informam que a negociação iniciou em 20 de outubro e até agora "não houve de fato avanços que demonstrem uma negociação coletiva de verdade". As pautas de reivindicações foram entregues ao Sindicato Nacional das Empresas Aéreas (SNEA) em 15 de setembro.

    Na terceira rodada de negociação, realizada no dia 9 de novembro, em São Paulo, o SNEA fez uma proposta considerada  "indecente" pelos sindicatos aeroviários, que consiste em apenas 4% de reajuste nos salários e pisos. "Isso representa menos da metade da inflação estimada do período da nossa data-base, 1º dezembro, que é calculada pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) do período de 12 meses, que ainda não fechou", destaca trecho do boletim.

    Direitos sem avanços
    Outro ponto que não avançou nas rodadas de negociação foi sobre as melhorias nas cláusulas sociais em vigor nas Convenções Coletivas de Trabalho (CCT) propostas pelos sindicatos dos Aeroviários e Aeronautas. As empresas aéreas negaram qualquer tipo de alteração. 

    Mais direitos sociais
    A FENTAC e os sindicatos filiados dos aeroviários de Guarulhos, Recife, Porto Alegre, Nacional de Aeroviários e os Aeronautas vão continuar cobrando por parte das empresas aéreas que mudem de posição e abram a discussão sobre as reivindicações dos novos direitos, propostos pelos sindicatos que não geram custos para as companhias e vão contribuir para melhorar as condições de trabalho, a qualidade de vida e saúde dos trabalhadores. Na primeira rodada, o SNEA informou que as empresas "rejeitaram" todas as cláusulas dos trabalhadores.

    Intensificar a luta

    Nesta quinta (17), haverá nova rodada de negociação da Campanha Salarial entre a FENTAC e o SNEA, caso a intransigência continue por parte das empresas, a mobilização será intensificada em todas as bases da FENTAC.

    Clique aqui e baixe o Boletim da FENTAC

    https://www.fentac.org.br/files/pdf/boletimcampanhasalarialfentac-site-pdf291.pdf

    ""