Campanha Nacional de combate ao câncer de próstata

    FENTAC apoia Campanha Novembro Azul e alerta homens para prevenção do câncer de próstata

    318

    Depois da Campanha Outubro Rosa, de prevenção ao câncer de mama, agora é a vez da Campanha Novembro Azul. O mês de novembro é internacionalmente dedicado às ações relacionadas ao câncer de próstata e à saúde do homem e a FENTAC apoia essa campanha.

    O câncer de próstata é o sexto tipo mais comum no mundo e o de maior incidência nos homens. As taxas da manifestação da doença são cerca de seis vezes maiores nos países desenvolvidos.

    Homens a partir dos 50 anos devem procurar um posto de saúde para realizar exames de rotina. Os sintomas mais comuns do tumor são a dificuldade de urinar, frequência urinária alterada ou diminuição da força do jato da urina, dentre outros. Quem tem histórico familiar da doença deve avisar o médico, que indicará os exames necessários.

    Prevenção

    A Sociedade Brasileira de Urologia recomenda que todos os homens com 45 anos de idade ou mais façam o exame de próstata anualmente, o que compreende o toque retal feito e o PSA. Segundo especialistas, o toque retal é considerado indispensável e não pode ser substituído pelo exame de sangue ou por qualquer outro exame.

    Tratamento

    Caso a doença seja comprovada, o médico pode indicar radioterapia, cirurgia ou até tratamento hormonal. Para doença metastática (quando o tumor original já se espalhou para outras partes do corpo), o tratamento escolhido é a terapia hormonal.

    A escolha do tratamento mais adequado deve ser individualizada e definida após médico e paciente discutirem os riscos e benefícios de cada um.