Campanha Salarial: Aeronautas e aeroviários começam negociação com empresas aéreas

    As rodadas acontecerão na terça-feira e quarta-feira em São Paulo e quinta-feira no Rio de Janeiro

    374

    A FENTAC/CUT e os sindicatos filiados dos aeronautas e aeroviários vão começar as rodadas de negociações da Campanha Salarial 2015/2016 com a bancada patronal das empresas aéreas, que representa as companhias aéreas TAM, Gol, Avianca e Azul. A data-base das categorias é 1º de dezembro e estão em Campanha cerca 70 mil trabalhadores na aviação em todo o País.

    A primeira rodada acontece nesta terça-feira (20), às 13h, entre a FENTAC, o Sindicato Nacional dos Aeronautas e a Associação Brasileira das Companhias Aéreas (Abear). Na quarta-feira (21), às 11h, será a vez dos aeroviários se reunirem com o Sindicato Nacional das Empresas Aeroviárias (SNEA). As negociações dos aeronautas e aeroviários acontecerão na sede da Abear, no Ibirapuera, em São Paulo.

    Logo mais à tarde, a Direção da FENTAC realizará reunião na nova sede, localizada próxima ao Aeroporto de Congonhas, em São Paulo.

    Na quinta-feira (22), a Federação iniciará a rodada com o Sindicato Nacional das Empresas de Táxi Aéreo (SNETA). Na base da Federação, são cerca de 50 mil aeronautas e aeroviários que trabalham em helicópteros.

    Crise não embarca na aviação

    Segundo o presidente da Federação, Sergio Dias, a crise econômica que atingiu alguns setores não embarcou na aviação. "Neste ano negociaremos as questões econômicas, nossa reivindicação é o reajuste salarial de 15% e 20% nos pisos salariais e nos vales-alimentação e refeição. A crise não embarcou na aviação. Se tiver que fazer greve para garantir nosso aumento salarial, nós faremos”, avisa.

    Dias informa que novos protestos serão realizados durante a Campanha nos Aeroportos.

    Mais informações da Campanha Salarial da FENTAC/CUT