Porto Alegre: Aeroviários na TAP sofrem com temperaturas elevadas no ambiente de trabalho

Segundo Sindicato, perícia constatou que calor excessivo pode prejudicar saúde dos trabalhadores

582

Os aeroviários que trabalham no Setor de Infraestrutura na TAP ME, em Porto Alegre, têm sofrido com as altas temperaturas.

Segundo o Sindicato dos Aeroviários de Porto Alegre, um diretor da entidade e um membro da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA) acompanharam a medição da temperatura ambiente realizada por técnico do Serviço Especializado em Saúde e Medicina do Trabalho (SESMT) e a temperatura constatada foi muito elevada, confirmando que o ambiente de trabalho é prejudicial à saúde dos aeroviários.

“Há na empresa uma central de ar condicionado inoperante num setor extinto do prédio anexo ao Hangar 1, que poderia atender ao setor, para amenizar este problema. A instalação de um forro isolante térmico também ajudaria a reduzir o calor no local”, destaca o Sindicato

 “É inaceitável que os trabalhadores que atuam na infraestrutura, criando as condições para que todos trabalhem, continuem sem uma sala refrigerada, enfrentando um calor infernal todos os dias”,completa.

O Sindicato já tomou as providências junto ao SESMT.