Em 2019 o caminho é a resistência com coragem e criatividade

155

Com a chegada do encerramento de 2018, a Federação Nacional dos Trabalhadores em Aviação Civil da CUT (FENTAC) faz seu balanço sobre as ações, conquistas e lutas deste ano e uma reflexão sobre os desafios para 2019. 

2018 começou com um impacto forte com a nova Lei Trabalhista, que ataca os direitos e tornou difícil a luta sindical em prol dos trabalhadores.  Mas apesar das dificuldades, a FENTAC teve resultados positivos durante o ano porque todos os Sindicatos dos Aeroviários, Aeroportuários e Aeronautas filiados conseguiram conquistar novos direitos e renovar suas Convenções Coletivas de Trabalho  (CCT), preservando direitos históricos conquistados nas CCTs, que foram resultado de muita luta, mobilização e até greves históricas. Além disso, graças à mobilização e a unidade dos Sindicatos foi possível repor o INPC nos salários e benefícios das categorias. 

A FENTAC também manteve sua participação em importantes eventos internacionais dos trabalhadores em aviação civil nos quais pode compartilhar as lutas no Brasil e trocar experiências importantes para o enfrentamento diante dos ataques das empresas aéreas. 

Tanto no Brasil quanto nos países vizinhos da América Latina os problemas são comuns, tais como: o descumprimento das Convenções por parte das companhias; práticas antissindicais; o aumento da terceirização que tem criado empregos precários e até a influência de sindicatos pelegos ou “amarillos” na América Latina, que agem em favor dos interesses das empresas. 

Estamos vivendo a “estrangeirização” da indústria da aviação civil e precisamos ter uma profunda consciência política para o enfrentamento. 

É importante que em 2019 os trabalhadores e trabalhadoras se mantenham unidos e com a disposição de defender os direitos, conquistas e os postos de trabalho com bom nível de emprego e para que todos os direitos conquistados nas CCTs  continuem sendo mantidos e respeitados. 

Que no ano que vai nascer em breve, tenhamos a habilidade de pensar formas diferentes de agir e gerar estratégias para continuar defendendo os direitos  dos trabalhadores e trabalhadoras da aviação civil com coragem, criatividade e resistência. 

Direção FENTAC