FENTAC recebe ofício do Ministério da Saúde sobre imunização de trabalhadores

Em documento, diretor do Ministério da Saúde (MS) reconhece importância do debate sobre prioridades e importância dos trabalhadores do setor aéreo

337

Na última semana, a FENTAC recebeu um ofício assinado pelo diretor do Departamento de Imunização e Doenças Transmissíveis Laurício Monteiro Cruz do Ministério da Saúde. No documento, o diretor responde os ofícios enviados pela entidade sindical pedindo pela prioridade na vacinação dos trabalhadores.

Tanto para o ex-Ministro Eduardo Pazuello quanto para o atual Ministro da Saúde Marcelo Queiroga, a FENTAC expressou suas preocupações e pediu que fosse dada a atenção devida para as categorias do transporte aéreo.

Agora, já após iniciada a vacinação dos trabalhadores da aviação civil, a FENTAC recebeu do MS a resposta. O diretor do órgão do governo afirmou no texto que reconhece a importância dos trabalhadores da aviação e confirma essa inclusão no grupo prioritário para vacinação. Ainda conforme o documento, o debate sobre a prioridade da vacinação é considerado importante pelo departamento que discute essa questão.

Desde que foi reconhecida a necessidade da priorização dos trabalhadores do setor aéreo, a FENTAC comemorou. Para a entidade, essa prioridade deveria ter sido dada já anteriormente, quando a aviação se tornou um serviço essencial para a distribuição das vacinas, por exemplo.

Durante a luta para sinalizar ao MS a necessidade da vacinação, a FENTAC também pediu em reunião com o Sindicato Nacional das Empresas Aeroviárias (Snea) para que as aéreas entrassem junto na briga pela vacinação não somente dos aeroviários, mas de toda população. Na ocasião, o Snea negou o pedido dos representantes dos trabalhadores.

Por fim, a FENTAC comemora o justo reconhecimento por parte do órgão de saúde, e reforça as recomendações de continuidade no uso de máscara, de distanciamento e de higienização também expressas no ofício.

Clique aqui para baixar o ofício na íntegra