#BrasilEmGreve: TAP-ME no Salgado Filho está totalmente parada

    830

    Com faixas com os dizeres “É Greve, Reaja, Enfrente e Valorize seu Emprego”, “Temer e sua quadrilha da morte” e “Aviação Adoece, Mata e mutila  trabalhadores”, os aeroviários em Porto Alegre realizaram na manhã desta sexta-feira (28) ato que percorreu a Rua 18 de novembro, que dá acesso à TAP ME – maior empresa da base do Sindicato no setor de manutenção de aeronaves. 

    Depois os dirigentes foram até a Rua Edu Chaves que dá acesso ao Aeroporto Internacional Salgado Filho.

    Segundo o Sindicato, as ruas foram bloqueadas das 6h até às 7h30, de acordo com o que foi combinado com a Brigada Militar, que estava presente durante o ato.

    Adesão 
    A adesão dos aeroviários gaúchos à Greve Geral contra as reformas de Temer e a Lei da Terceirização Geral foi muito positiva. Segundo o Sindicato, quase mil trabalhadores na TAP-ME (mecânicos de manutenção, pista, de hangares, oficinas e área administrativa) e também nas empresas aéreas no aeroporto Salgado Filho cruzaram os braços em defesa dos direitos.

    A paralisação na TAP-ME foi de 80% e continua. Também aderiram à Greve Geral os metroviários e condutores gaúchos.