Campanha Salarial Aeroportuários: Infraero mantém 0% e Sina exige proposta de aumento salarial

    Sindicato aguarda resposta nesta semana para que possa ser avaliada em assembleias

    980

    Terminou sem acordo a última rodada de negociação da Campanha Salarial  entre o Sindicato Nacional dos Aeroportuários (Sina) e a Infraero, que aconteceu na última quinta-feira (27), na sede da estatal em Brasília

    De acordo com o Sindicato, a Infraero disse que não terá condições de manter na íntegra o atual Acordo Coletivo de Trabalho com a correção de 4,08% (índice oficial da inflação ocorrida no período de vigência do ACT), pleiteada pela categoria. 

    A estatal calculou que esse aumento pode gerar despesas de R$ 90 milhões e falou ainda que segue orientação do governo federal em manter “ 0%” de reajuste. 

    Os dirigentes do Sina rebateram as argumentações da Infraero e disseram que a categoria aeroportuária não aceitará essa proposta “famigerada” em assembleias.

    “O pulso ainda pulsa, a Infraero não morreu e deve ser tratada como empresa viva, cabendo aos seus diretores cumprir com suas obrigações”, ressaltou o presidente do Sina, Francisco Lemos, no site da entidade.

    Concessões 

    Segundo o Sina, a Infraero também abordou as dificuldades para conceder o aumento salarial, alegando perda de receitas, principalmente, com as concessões de seus principais aeroportos. 

    “As consequências negativas das concessões vêm sendo denunciadas desde o início pelo Sindicato à opinião pública e à sociedade brasileira”, destaca o Sindicato. 

    Um forte exemplo é a situação do Aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP), que será devolvido ao governo federal.

    Nova proposta salarial

    Diante do impasse na negociação, o Sina cobrou da estatal uma nova proposta de aumento salarial para que possa ser avaliada em assembleias. 

    “Vamos aguardar a manifestação da Infraero. No entanto, se não ocorrer uma melhora na proposta apresentada pela empresa, vamos convocar assembleias assim mesmo e, literalmente, manteremos a faca entre os dentes, juntamente com a categoria, para mais uma vez expor à sociedade o sangue, o suor e as lágrimas da Infraero” finaliza nota da Direção do Sina. 

    Base Infraero 

    A data-base da categoria aeroportuária é 1º de maio e estão em campanha cerca de 12 mil trabalhadores na Infraero.