Campanha Salarial: Em vídeo, FENTAC mostra a importância do auxílio maquiagem para aeroviárias

A primeira rodada de negociação com as empresas aéreas inicia no dia 23 de outubro

903

A Federação Nacional dos Trabalhadores em Aviação Civil (FENTAC/CUT) está produzindo vídeos e cards das reivindicações da Campanha Salarial 2018 dos aeroviários e aeronautas. A data-base das categorias é 1º de dezembro e as pautas de reivindicações estão com as empresas aéreas. A primeira rodada inicia no dia 23 de outubro. 

O mote da campanha neste ano é “#AbraceEsseCompromisso” e o objetivo é conscientizar os trabalhadores e trabalhadoras da aviação sobre a importância de valorizarem as conquistas nas Convenções Coletivas de Trabalho (CCTs), bem como a lutarem pela melhoria e ampliação de mais benefícios nas CCTs. 

Outra meta é sensibilizar as empresas aéreas sobre a importância dessas reivindicações que buscam  melhorar a qualidade de vida, condições de trabalho, saúde e segurança para os trabalhadores e trabalhadoras da aviação civil.

Pauta de reivindicações dos aeroviários e aeronautas está com as empresas aéreas

Um dos vídeos (assista abaixo) chama atenção para a cláusula nova que pleiteia o direito a um auxílio maquiagem para as aeroviárias.

O “cuidado com a aparência” é uma das exigências expressas nos Manuais de Apresentação das Empresas Aéreas. 

Se a funcionária não estiver maquiada ou com a unha esmaltada de acordo com a tabela de cores da companhia recebe advertência. 

“A exigência é estar maquiada. Quem não estiver, tem que apresentar atestado médico que comprove, nesse caso, alergia no rosto e na unha, caso contrário pode ser penalizada”, destaca Direção FENTAC.

Auxílio-maquiagem: um direito da aeroviária

Confira as principais reivindicações dos aeroviários e aeronautas

O fornecimento de um auxílio maquiagem para as trabalhadoras é uma cláusula necessária e uma reivindicação antiga da FENTAC e dos sindicatos filiados.

No Seminário das Mulheres da Aviação da FENTAC, realizado em abril de 2017, foi aprovada uma resolução das aeroviárias, na qual exige-se que a maquiagem seja um item do uniforme, já que é considerada uma exigência das empresas.

Reivindicações das categorias – econômicas

Neste ano, os sindicatos dos aeroviários de Guarulhos, Porto Alegre, Recife, o Nacional de Aeroviários e o Nacional de Aeronautas reivindicam a reposição integral da inflação do período de 12 meses da data-base 1º de dezembro, (calculada pelo INPC-IBGE) acrescida de 2% a título de ganho real nos salários dos aeroviários e dos pilotos e comissários. Os tripulantes também reivindicam a reposição da inflação acrescida de 2% nas cláusulas econômicas: pisos, diárias de alimentação (exceto internacionais que o pedido foi maior), vale alimentação e seguro de vida. 

Já para os aeroviários, nos demais itens econômicos, como piso, cesta-básica, vale-refeição, seguro e outras econômicas, a reivindicação é de 10%.

 
Assista: