Rio de Janeiro: Aeroviário é reintegrado à Swissport

O dirigente sindical do SNA, Geraldo Bittencourt Gomes, foi demitido sem nenhuma justificativa

534

O dirigente sindical do Sindicato Nacional dos Aeroviários (SNA), Geraldo Bittencourt Gomes,foi reintegrado nesta sexta-feira (10) à Swissport do Aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro.

De acordo com o Sindicato, o auxiliar de rampa foi demitido há três meses sem nenhuma justificativa da prestadora de serviço, apesar de ter estabilidade por ser um representante do SNA.

Segundo a terceirizada, o Sindicato que representa a base do Rio de Janeiro é o Simarj (Sindicato dos Aeroviários do Município do Rio de Janeiro), não o SNA. A decisão da justiça prova o contrário e garante a representatividade política de uma entidade nacional, de quase 75 anos de luta.

Geraldinho, como é conhecido pelos companheiros do Sindicato, atua na Swissport há quase sete anos e está em seu segundo mandato pelo SNA. Ele afirma que vai continuar em sua luta pela defesa da categoria e dá um recado: “Peço a todos que denunciem casos como assédio moral, abuso de autoridade e descumprimento da Convenção Coletiva de Trabalho. Não podemos nos submeter a mandos e desmandos de gestores que se consideram donos da empresa por terem um cargo de chefia e acreditam que podem tratar sua equipe como quiserem, sem nunca serem atingidos”, declara.

A direção do SNA lembra a categoria que qualquer denúncia feita por trabalhadores e trabalhadoras é mantida sob sigilo. A identidade fica preservada para que ninguém corra o risco de sofrer futuras retaliações da empresa onde trabalha.

Do SNA