Táxi Aéreo: FENTAC e SNETA se reúnem no TST nesta quarta-feira (22)

Audiência é resultado do não avanço na Campanha Salarial dos aeronautas e aeroviários do setor

371

Após o não avanço nas negociações da Campanha Salarial dos aeronautas e aeroviários no táxi aéreo, o Tribunal Superior do Trabalho (TST) mediará nesta quarta (22), às 14h, em Brasília, uma audiência de conciliação entre a FENTAC/CUT e o Sindicato Nacional das Empresas de Táxi Aéreo (SNETA). A sessão será mediada pelo novo vice-presidente do Tribunal, o ministro Emmanoel Pereira.

Solicitada pela bancada dos trabalhadores, a audiência visa chegar a um acordo sobre o reajuste salarial. A data-base das categorias venceu em 1º de dezembro.

A FENTAC e os sindicatos filiados reivindicam reajuste de 15% nos salários e 20% nas demais cláusulas econômicas. O Índice Nacional de Preço do Consumidor (INPC) do período foi calculado em 9,79%, de acordo com dados apresentados pelo Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese). Nesta negociação só foram debatidas cláusulas de natureza econômica.

O presidente da Federação, Sergio Dias, espera que os aeroviários e aeronautas sejam valorizados. “Nossa expectativa é que o Tribunal faça uma proposta que atenda ao menos a reposição da inflação e mantenha as cláusulas sociais", frisa.

Base

A FENTAC representa cerca de 50 mil aeronautas e aeroviários que trabalham em helicópteros em vários regiões do país.