Aeroviários de Porto Alegre e Guarulhos participam de protestos para pressionar deputados a aceitar denúncia contra Temer

Mobilização aconteceu nos aeroportos Salgado Filho, POA, e de Congonhas, na capital paulista

841

Os aeroviários de Porto Alegre e Guarulhos participaram de protestos promovidos pela  CUT-RS e CUT-SP na manhã desta terça (1º) no saguão dos aeroporto Salgado Filho e Congonhas. A mobilização teve como objetivo pressionar os deputados que se dirigiam a Brasília para que votem a favor da aceitação da denúncia contra o presidente Michel Temer. O ato também contou com a participação da Frente Brasil Popular e das centrais  CTB e Nova Central. 

Para que o presidente seja investigado pelo Supremo Tribunal Federal (STF), são necessários 342 votos a favor do prosseguimento da denúncia por corrupção passiva elaborada pela Procuradoria-Geral da República (PGR), a partir das delações dos donos e executivos da JBS. Temer pretende barrar a denúncia em votação que deve ocorrer nesta quarta-feira (2) na Câmara dos Deputados.

""
Aeroviários de POA no Salgado Filho, em Porto Alegre

""

""
Arlindo Chinaglia, deputado federal (PT/SP), cumprimenta sindicalistas no Aeroporto de Congonhas e votará a favor da denúncia de corrupção contra Temer
 

Ato em Congonhas 

“Queremos que o Temer seja afastado da presidência da República, onde só chegou por causa do golpe do impeachment, para que seja investigado pelos crimes de que é acusado de ter cometido pelo procurador-geral Rodrigo Janot”, defendem os movimentos.