CENIPA veta participação do SNA na investigação do acidente de Campos

376

O Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA) negou o pedido do Sindicato Nacional dos Aeronautas (SNA) de participar das investigações sobre o acidente que matou o presidenciável Eduardo Campos e mais seis pessoas no dia 13 de agosto de 2014, em Santos, na queda da aeronave Cessna modelo C560XLS+, prefixo PR-AFA.

Apesar de reconhecer a expertise do Sindicato na questão da segurança de voo, o CENIPA alegou já estar investigação “em fase de análise”, “de eminente apreciação subjetiva do Investigador-Encarregado na compilação dos dados fáticos até então coletados”. Contudo, informou que está à disposição para esclarecimentos. O SNA continuará acompanhando o caso e seus desdobramentos.

Do SNA