“Somos guerreiras. Não perdemos o sorriso no rosto diante das lutas e dificuldades”, conta aeroviária Débora

Ela é Secretária Geral do Sindigru e agente de aeroporto (check-in) na TAM

426

Para celebrar o Mês Internacional das Mulheres, a FENTAC/CUT  ouviu depoimentos de mulheres sindicalistas na aviação civil, que abordaram a importância de empoderar as mulheres na defesa dos seus direitos.  Uma delas é a companheira Débora Cavalcanti, funcionária na TAM, trabalha no check-in no Aeroporto Internacional de Guarulhos e é Secretária Geral do Sindicato dos Aeroviários de Guarulhos (Sindigru/CUT).

Em entrevista para a Série, Mulheres no Transporte, do Portal da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Transporte e Logística da CUT (CNTTL), Débora falou um pouco sobre a sua rotina, as conquistas da categoria aeroviária e a importância da luta em defesa da igualdade de oportunidades entre homens e mulheres. Confira:  
 

Como é o seu dia a dia na base?

Debora Cavalcanti: Meu dia a dia na base é bem dinâmico, tendo em vista que o aeroporto de Guarulhos é extenso, com muitos turnos de trabalho e setores. Na base, tentamos levar conscientização para a categoria bem como os benefícios do Sindicato.

Qual a importância da luta pelos direitos das mulheres?

Debora: Bom, o próprio nome já diz "direito" então a luta pela garantia deles é imprescindível! Aliás, nós, como sindicalistas, lutamos pelos nossos direitos e pelos direitos da "massa".

 Quais foram as principais conquistas asseguradas na Convenção para as mulheres da sua base?

Dentre várias conquistas para categoria podemos destacar como recorte de gênero: a garantia de emprego à gestante, bem como o auxílio-creche para mãe aeroviária, o abono de falta para levar o filho ao médico e a ampliação da licença-maternidade de 120 para 180 dias. Ainda lutamos pelo auxílio maquiagem para as aeroviárias de Guarulhos e para todas da base da FENTAC/CUT.

 Na base seu sindicato representa quantas trabalhadoras e trabalhadores?

Debora: Representamos aproximadamente oito mil aeroviários, sendo que 40% são mulheres. 

Qual mensagem você deixa para as mulheres trabalhadoras?

Debora: Gostaria de parabenizar todas as mulheres pelo Dia Internacional, lembrando que todo dia é nosso! Somos mulheres, mães de família, filhas, guerreiras e trabalhadoras. Mulheres que não perdem o sorriso no rosto diante das lutas e dificuldades! Coloco-me ainda à disposição das trabalhadoras e vamos à luta! Juntas, somos mais fortes! Parabéns a nós!