Ex-tripulantes na Latam rejeitam proposta da empresa

O SNA apresentará a decisão dos trabalhadores em audiência com a empresa no próxima terça (23)

352

Ex-funcionários da Latam Linhas Aéreas negaram, por unanimidade, a proposta de acordo feita pela empresa durante assembleia realizada na quinta-feira (11)  em todas as bases operacionais da companhia. A informação é do Sindicato Nacional dos Aeronautas (SNA).

O SNA apresentará a decisão dos trabalhadores à juíza da 8º Vara do Trabalho de São Paulo em audiência com a empresa na próxima terça (23). 

Os tripulantes encaminharam também um pedido pela rápida resolução do caso, que se estende desde abril deste ano. 

Segundo o Sindicato, a proposta de acordo é relativa à ação movida pela entidade por demissão coletiva efetuada pela empresa, sem a observância de cláusula constante em Convenção Coletiva de Trabalho – CCT.

Proposta

Aos pilotos, a empresa havia oferecido a opção de aceitar o pacote anteriormente ofertado, que consistia em revalidação do simulador e teste ICAO – uma tentativa, ou uma indenização de R$ 600, por ano trabalhado, para comandantes; e R$ 500 reais, por ano trabalhado, para copilotos. Além de Staff Travel até o final do ano.

Para os comissários, a empresa havia proposto o mesmo oferecido anteriormente, que consistia em empresa de recolocação no mercado e Staff Travel até o final do ano, ou uma indenização de R$ 400, por ano trabalhado, mais Staff Travel até o final do ano.