Em vídeo, presidente do Sina fala sobre audiência com Infraero no TST

Infraero não apresenta proposta efetiva e negociação segue difícil

868

O  presidente do Sindicato Nacional dos Aeroportuários (Sina), Francisco Lemos, gravou um vídeo falando sobre a primeira audiência de Conciliação da Campanha Salarial da Infraero no Tribunal Superior do Trabalho (TST), realizada no dia 31 de outubro. A data-base venceu em 1º de maio. 

Segundo Lemos, a rodada foi "tensa" e o Tribunal se colocou à disposição para tentar destravar essas negociações com a Infraero. Até o momento, a estatal não apresentou uma proposta efetiva para os aeroportuários, apenas que pretende implementar um novo plano de saúde, assim como nos Correios, mas segundo Lemos fica impossível para o Sina apresentar essa proposta em assembleia, poruque a categoria não tem conhecimento desse novo plano de saúde, que segundo a Infraero seria contributivo e  não mais participativo.

"O Sina pode ir para um movimento paredista, caso não tenha avanços. Mas continuaremos a pressão para avançar, pressionar a Infraero. É um jogo de xadrez, cada movimento é importante. Agora a Infraero está atrasadíssima, porque  tem capacidade de autonomia para fechar esse Acordo Coletivo. Nós esperávamos muito mais da empresa, que até decepcionou o Tribunal, porque está pressa a questões técnicas desse governo, que é totalmente desfavorável a qualquer compromisso social.  Essa é a data-base mais difícil da história dos aeroportuários. Nosso objetivo é avança, sem trazer prejuízo para nossa categoria. O que a nossa categoria decidir nós do Sina estamos juntos", frisa Lemos.

Assista ao vídeo: