Aeronautas pedem que Embaixada interceda a favor dos pilotos colombianos

Greve já dura 50 dias e Avianca se mantém intransigente

857

O Sindicato Nacional dos Aeronautas (SNA) enviou uma carta à Embaixada da Colômbia no Brasil, nesta segunda-feira, 13, solicitando o apoio e intervenção para que se tente resolver o conflito trabalhista entre a Avianca e os pilotos da ACDAC (Asociación Colombiana de Aviadores Civiles), que estão em greve há 50 dias.

O documento aborda a necessidade da retomada das negociações para que, por meio do diálogo, se construa um acordo que beneficie não somente aos pilotos, mas também o país e a região.

A greve ocorre por conta da intransigência da Avianca na negociação do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) da categoria.  Em negociação desde agosto, a empresa não cumpriu as reivindicações dos trabalhadores que exigem equiparar as condições de trabalho dos pilotos do país com o que praticado internacionalmente pela companhia, melhorando as condições de segurança, tempo de voo e problemas de fadiga dos pilotos.  

A FENTAC se solidariza com a luta e já manifestou seu apoio à legítima paralisação dos trabalhadores colombianos.

""

""