Porto Seguro: Aeroviários fazem protesto contra terceirizada da Azul

SNA reivindica que empresa cumpra a convenção coletiva de trabalho

484

Dirigentes do Sindicato Nacional dos Aeroviários (SNA) organizaram paralisação de quatro horas no Aeroporto Teixeira de Freitas (BA), no dia 26 de agosto.  Eles reivindicaram que a São Francisco, empresa que presta serviço para a Azul Linhas Aéreas, cumpra a Convenção Coletiva de Trabalho (CCT).

Segundo denúncias recebidas pelo SNA, a São Francisco não fornece o vale-alimentação e vale-refeição há sete meses, não paga horas extras, nem o vale-transporte corretamente. O mesmo acontece em outros aeroportos em que a terceirizada presta serviço para a Azul, como é o caso de Lençóis e Barreiras, ambos também na Bahia.

""

Antes de realizar a paralisação, que contou com a adesão geral dos trabalhadores, a direção do Sindicato tentou diálogo com a empresa, mas sem resultado. 

Medidas jurídicas 

Nilton Mota, coordenador do SNA na região Nordeste e diretor da CNTTL/CUT, informa que caso a São Francisco não resolva os problemas relacionados à legislação trabalhista até o início do mês, a entidade vai tomar novas medidas políticas e jurídicas para resolver a questão.

“Recebi a informação de que a São Francisco procuraria a direção do Sindicato para uma conversa. Segundo denúncias dos trabalhadores, funcionários que reivindicam pelos seus direitos sofrem assédio moral, há até mesmo casos de demissão. Não vamos permitir que isso aconteça em uma de nossas bases”, conclui Nilton Mota.