Brasil transportou mais de 95,9 milhões de passageiros aéreos domésticos em 2014

Número 6,5% acima do registrado em 2013, quando 90 milhões de pessoas voaram dentro do país

336

O país registrou 95,9 milhões de passageiros domésticos em 2014, número 6,5% acima do registrado em 2013, quando 90 milhões de pessoas voaram dentro do país. É o que aponta levantamento da  Agência Nacional de Transportes Aéreos (ANAC), divulgado na quarta-feira (28).  

Os dados mostram que a alta no número de passageiros se acelerou em dezembro, quando voaram em rotas domésticas 8,9 milhões de pessoas, 11,2% a mais que em dezembro de 2013, quando 8 milhões de pessoas voaram dentro do país.

Companhias aéreas

Por empresa, a Gol ampliou sua liderança em número de passageiros domésticos: passou de 32,51 milhões em 2013 (36,2% do total) para 35,67 milhões em 2014 (37,2% do total). A TAM reduziu sua participação apesar de elevar o número de passageiros de 31,87milhões em 2013 (35,4% do total) para 32,18 milhões em 2014 (33,6%do total). A Azul, já incluindo os dados da Trip, passou de 18,67 milhões de passageiros em 2013 (20,8% do total) para 20,01 milhões de passageiros no ano passado (21% de participação). Já a Avianca subiu de 5,90 milhões de passageiros em 2013 (participação de 6,6% do mercado) para 6,88 milhões de passageiros (7,2% do mercado). As demais empresas, que transportaram um milhão de pessoas em 2013 (1,11% do total) levaram 1,16 milhões de passageiros no ano passado (1,2% do total).

Nas rotas internacionais, as empresas brasileiras transportaram 6,4 milhões de passageiros no ano passado, 6,7% a mais que os 6 milhões de passageiros de 2013. Somente em dezembro foram 583 mil passageiros, 12,9% a mais que em dezembro de 2013. Por empresa, a líder no segmento internacional entre as empresas brasileiras é a TAM, com 4,439 milhões de passageiros transportados, praticamente o mesmo número do ano passado (4,447 milhões de passageiros). A Gol cresceu fortemente, passando de 1,589 milhão de passageiros em 2013 para 1,920 milhão de passageiros e a Azul, que no fim do ano inaugurou rotas para os Estados Unidos, transportou 21 mil pessoas. A ANAC não compila dados das empresas aéreas estrangeiras.

Com O Globo