Aeroportuários na Infraero rejeitam proposta da estatal e seguem na luta por reajuste decente

Categoria decidiu que Sindicato deve voltar à mesa de negociação com a empresa visando melhorar a proposta patronal

892

Os aeroportuários na Infraero decidiram em assembleias realizadas nos dias 5 a 8 de fevereiro  rejeitar a proposta da estatal para fechamento da data-base 2017. A informação é do Sindicato Nacional dos Aeroportuários (Sina). 

Segundo o Sindicato, a proposta da Infraero previa alterações no modelo de plano de saúde e reajuste zero, congelando salários e benefícios da categoria.

Diante disso, os trabalhadores decidiram que o Sina deve voltar  à mesa de negociação com a empresa visando melhorar a proposta patronal. Também ficou evidenciado nas assembleias que a categoria não quer um julgamento de dissídio coletivo para firmar a renovação do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT), mas sim avançar nas negociações e que elas sejam mais eficientes.

O Sina encaminhou a decisão dos trabalhadores à Infraero no dia 15 e aguarda a retomada imediata das negociações. O Sindicato representa cerca de 12 mil trabalhadores na Infraero.