Confira a pauta de reivindicações dos aeroviários e aeronautas

As categorias lutam pelo reajuste de 8,5% nos salários e benefícios

445

Reivindicações das categorias

Aeroviários 

– Reajustes nos pisos salariais de 8,5% para: auxiliares de serviços gerais e de manutenção de aeronaves; agente de proteção; operador de equipamento; mecânico de manutenção de aeronaves e despachante/agente de check-in/aeroporto;
– Criação de piso para agente de Check-in;
– Vale refeição R$ 16,65 para os aeroviários com jornada de trabalho de até 6 horas, e de R$ 22,71 para os demais;
-Seguro de vida: total ou parcial, no valor de R$ 20.000,00;
– Fornecimento de cosméticos quando exigido;
– Cesta básica de R$ 326,67;
– Jornada de trabalho de 36 horas semanais, exceto para os aeroviários que laborem em funções administrativas, que neste caso será de 40 horas semanais;
– Creche e/ou escola de educação infantil para filhos de aeroviários e aeroviárias.

Aeronautas

– Reajuste de todos os itens econômicos (salários, diárias, pisos, vale alimentação e seguro): 8,5%
– Alteração da cláusula da Compensação Orgânica;
– Definição de valores para as diárias internacionais;
–  Fim do teto para ganho do vale-alimentação;
– Pagamento em caso de jornadas semanais maiores que 44 horas;
– Um dia ou período para atividades relacionadas ao uniforme do aeronauta;
– Aumento do Período Oposto para 6 dias consecutivos;
– Fim do limite de 5 aeronautas no Passe Livre;
– Novo número mínimo de folgas mensais;
– Limitação das madrugadas consecutivas;
– Remuneração das horas de solo;
– Plano de previdência privada.

Perfil da Campanha Salarial da FENTAC/CUT

Data-base: 1º de dezembro

Estão em Campanha cerca 70 mil trabalhadores: aeroviários (que trabalham no chão do aeroporto: agente de check-in/atendimento, auxiliar de serviços gerais, mecânicos de aeronaves, agente de proteção/bagagem, operador de equipamentos, entre outros), aeronautas (que trabalham dentro da aeronave: comandantes – pilotos, co-pilotos – comissários e comissárias de voo, mecânicos e engenheiros de voo).

Rodadas de negociação realizadas

No total, foram sete entre outubro de 2014 e janeiro de 2015.

Protestos com paralisações pela Campanha Salarial

FENTAC e sindicatos dos aeroviários fizeram protestos com paralisações nos Aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, em 15 de dezembro de 2014 e no Juscelino Kubitschek, em Brasília, no dia 22 de dezembro.

Entrega das pautas de reivindicações ao SNEA: 30 de setembro de 2014

Bases da FENTAC no Brasil

Entre os principais aeroportos estão o GRU Airport (SP), Santos Dumont (RJ),  Congonhas (SP), Confins (BH) Galeão (RJ), Salgado Filho (RS), Viracopos (SP), Gilberto Freyre (PE) e Juscelino Kubitschek (DF) entre outros. Confira a seguir:    

Regionais

Guarulhos

Campinas 

Recife

Porto Alegre

 

Base do Sindicato Nacional dos Aeronautas (SNA)
Todos os 68 aeroportos do País

 

Base do Sindicato Nacional dos Aeroviários (SNA)

Rio de janeiro

Salvador

Fortaleza

Brasília

Belém           

Curitiba

Aracaju   

João pessoa-PB 

Navegantes-SC  

Campo grande

Macéio-AL           

Vitória-ES                      

Maranhão             

Joinville/SC

São luiz/ma

Macapá/Amapá

Foz do iguaçú/PR

Palmas/Tocantis

Florianópolis/SC

Santarém/PA

Imperatriz/MA

Natal/RN

Sites de informações da Campanha

www.aeronautaseaeroviarios.com.br  e www.fentac.org.br