Porto Alegre: Para celebrar a Consciência Negra, Sindicato dos Aeroviários promove peça de teatro

Apresentação acontece na quinta-feira (19)

348

Em homenagem ao Dia da Consciência Negra, o Sindicato dos Aeroviários de Porto Alegre promove na quinta-feira (19) a apresentação da peça teatral  “Eu não sou macaco”.

A ação performática denuncia diversas injustiças cometidas em relação aos cidadãos da etnia negra. Utilizando-se da linguagem teatral como forma de manifestação política, a atriz Dedy Ricardo retoma os nomes e assume as identidades e as histórias de Cláudia da Silva Ferreira – a mulher arrastada por uma viatura da polícia pelas ruas de favela do Rio de Janeiro, Amarildo Dias de Souza – desaparecido após interrogatório na Unidade de Polícia Pacificadora na Rocinha, Paulo Afonso Soares – militante gay assassinado em Porto Alegre – além de figuras históricas, como João Cândido e os lanceiros negros, como forma de manter acesa a capacidade de se indignar com tais injustiças e relembrá-las, para que nunca mais aconteçam.

A encenação será realizada em duas apresentações:

 Às 12h, em frente à TAP ME (Rua Augusto Severo, 851, bairro São João, Porto Alegre)

E as 13h15, em frente ao saguão do Aeroporto Salgado Filho, em frente ao check-in da Gol. 

FICHA TÉCNICA

Atuação: Dedy Ricardo

Trilha sonora: Ricardo Pavão

Orientação cênica: Júlia Rodrigues

Produção: Thiago Pirajira

Duração: 30 min

Classificação: 12 anos