Prazo para TAM apresentar resposta sobre acordo coletivo com a LATAM já está correndo

Encaminhamento foi definido durante audiência de mediação na quinta-feira (12), no Ministério do Trabalho e Emprego

473

A LATAM tem o prazo de 30 dias para apresentar uma resposta com relação a um possível acordo coletivo de trabalho, em função da fusão da empresa brasileira TAM com a chilena LAN. O encaminhamento foi definido durante audiência de mediação com o Sindicato Nacional dos Aeronautas na quinta-feira (12) no Ministério do Trabalho e Emprego (MTE).

De acordo com o SNA, um acordo coletivo serviria para resguardar os níveis de empregos atuais dos aeronautas brasileiros da TAM em relação a rotas internacionais.

A audiência foi solicitada pelo Sindicato para que fossem esclarecidas questões relativas à fusão/compra e os possíveis reflexos para os aeronautas.

Em nota, o SNA esclarece que não é contra a fusão e que em nenhuma hipótese “trabalha contra”, mas que tem, sim, a intenção de salvaguardar os direitos dos aeronautas brasileiros nos desdobramentos da fusão.

Redação FENTAC com SNA