Brasília: Comissão da Câmara dos Deputados debate ameaça de privatização da Infraero

A reunião acontece às 14h, no Plenário 12, Anexo II da Câmara Federal, em Brasília

806

A Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público da Câmara dos Deputados aprovou requerimento da Deputada Erica Kokay (PT/DF) e vai realizar nesta quinta (13) audiência pública para discutir a ameaça de privatização Infraero. A reunião acontece às 14h, no Plenário 12,  Anexo II da Câmara Federal, em Brasília.

Essa audiência é fruto do movimento  #LutopelaInfraero contra a privatização, organizado pelo Sindicato Nacional dos Aeroportuários (Sina), que ganhou adesão nos  aeroportos de Congonhas (SP),  Belém, Joinville, Campo Grande, Recife,  Brasília,  Rio de Janeiro (Santos Dumont ), Rio Branco no Acre, Carajás entre outras localidades, realizado nos dias 19 e 20 de junho em todo o país.

Participarão da audiência o presidente do Sina,Francisco Lemos,  o Ministro dos Transportes  Portos e Aviação Civil, Maurício Quintela Lessa, o diretor-presidente da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), José Ricardo Pataro Botelho de Queiroz, o presidente da Associação Nacional dos Empregados da Infraero (ANEI), Alex Fabiano OIiveira da Costa, o presidenteda Infraero, Antônio Claret de Oliveira e o representante da Associação Nacional dos Procuradores da Infraero (ANPINFRA).

Carta aos brasileiros 
O Sina também lançou uma "Carta aos Brasileiros", na qual destaca que é uma irresponsabilidade do governo Temer privatizar a Infraero a toque de caixa, sem fazer estudos aprofundados de impacto, em meio a uma crise institucional política sem precedentes.

“Centenas de políticos estão envolvidos em investigações de corrupção, vários deles ligados à área dos Transportes e ao centro do poder em Brasília. A Infraero conta com 10 mil trabalhadores orgânicos e outros 11 mil terceirizados, e têm todas as condições de existir e continuar servindo à nação se os governantes colocarem acima dos seus interesses pessoais os interesses do povo”,  destaca o documento.

Apoio

O movimento #LutoPelaInfraero tem apoio da  Federação Nacional dos Trabalhadores em Aviação Civil da CUT (FENTAC) e da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Transporte e Logística da CUT (CNTTL). As entidades são contra essa proposta de privatização, que é uma intenção desse governo, e destaca a necessidade de um debate com maior profundidade.