Estado de greve mantido: FENTAC e Sindicatos filiados divulgam boletim de mobilização

Publicação está sendo entregue para a categoria nos principais aeroportos do país

646

A FENTAC/CUT e os Sindicatos dos Aeroviários de Guarulhos, Porto Alegre, Recife e Nacional acabam de lançar o boletim “Nossa mobilização e o estado de greve continuam”.

A publicação, que está sendo distribuída aos trabalhadores nos principais aeroportos do país, traz o desdobramento da última rodada de negociação entre a FENTAC e o Sindicato Nacional das Empresas Aéreas (SNEA),  na qual as empresas sinalizaram a predisposição para negociar e reforça que o avanço só foi possível graças à forte mobilização e reação dos aeroviários e aeronautas, que iniciaram “estado de greve” nos aeroportos.

Na última rodada de negociação, o SNEA, que representa as companhias Latam, Gol, Azul, Avianca, propôs o reajuste nos salários e pisos de 6,5% e nos demais benefícios econômicos 8%. Para os aeroviários que recebem acima de R$ 10 mil, seria  incorporado ao salário o valor fixo de R$ 650.

A mobilização dos Aeroviários e Aeronautas também foi fundamental para barrar os ataques aos direitos. As empresas pretendiam “retirar” e “piorar” os direitos conquistados nas Convenções Coletivas de Trabalho.

Estado de greve mantido

A mobilização nos locais de trabalho será intensificada. “Nossa Campanha está em um momento decisivo e só a nossa unidade vai ajudar a sensibilizar as empresas de que os aeroviários (as) e aeronautas têm direito a um reajuste nos salários, nos pisos e nos demais benefícios digno. Também será essencial para avançar na melhoria de nossos  direitos sociais”, alerta a Federação.

Aeroviários e Aeronautas fazem assembleia na quinta 1º de dezembro

A FENTAC orienta os trabalhadores da aviação a seguirem os encaminhamentos das Assembleias realizadas, nos dias 18 e 21 de novembro, que aprovaram o “estado de greve” e a “Operação Trabalho, Sem Exploração”, nos turnos.
Nesta quinta-feira, dia 1º de dezembro, data importante que completa o período da data-base das categorias, os Aeroviários farão Assembleias nas suas bases nos aeroportos, já os Aeronautas realizarão nas sedes da base do Sindicato localizadas nas principais regiões do país.

"Temos que nos manter mobilizados. Vamos demonstrar a nossa unidade e força. Nossas pautas de reivindicações valorizam os trabalhadores da aviação civil, que são responsáveis pelo bom desempenho das companhias e garantem a segurança de voo de milhões de passageiros”, frisa informativo da FENTAC.

Leia mais aqui