Aeroportuários vão às urnas e aprovam direção

Votação expressiva reelege atual gestão do Sindicato A chapa única "União, Coragem e Responsabilidade", encabeçada pelo companheiro Francisco Lemos e com 170 integrantes, foi eleita com 89,72% dos votos. A reeleição dos companheiros que vem atuando à frente do Sindicato Nacional dos Aeroportuários (Sina) se deu com amplo apoio da base, o que significa grande aprovação às ações da direção da entidade. As eleições ocorreram de 29 de maio a 1º de junho. Dos 3270 votantes, 2934 votaram na chapa 1, 184 votaram nulo (5,64%) e 152 votaram em branco (4,64%).

Aeroportuários vão às urnas

O Sindicato Nacional dos Aeroportuários (Sina) participarem das eleições que ocorrerão nos dias 29, 30, 31 de maio e 1º de junho, das 8 às 17 horas. A chapa única que disputa o pleito é encabeçada pelo atual presidente da entidade, Francisco Lemos. O Sina faz parte da Fentac/CUT e das lutas unificadas dos trabalhadores do setor aéreo. A direção dos sindicatos cutistas e da Federação acompanha o pleito.

Leilão de aeroportos está marcado para fevereiro

Valter Campanato/ABr   Está previsto para 6 de fevereiro, em São Paulo, o leilão que passará à iniciativa privada os aeroportos de Guarulhos, Campinas e Brasília, com lances mínimos definidos pelo governo em R$ 3,4 bilhões, R$ 1,47 bilhão e R$ 582 milhões, respectivamente.

Aeroportuários firmam acordo com o governo sobre concessões

Os aeroportuários aprovaram, em assembleias realizadas em dezembro, a assinatura dos acordos negociados pelo Sindicato Nacional da categoria (Sina) com o Governo Federal, visando garantias trabalhistas diante das concessões dos aeroportos de Guarulhos, Viracopos, Brasília e São Gonçalo do Amarante.

Concessão de aeroportos: reunião no Planalto equilibra correlação de forças

Na manhã desta quarta-feira (26/10), o Sindicato Nacional dos Aeroportuários (Sina), a Infraero, a Secretaria Geral e a Secretaria de Aviação Civil (SAC), ambas ligadas à Presidência da República, e representantes do Ministério do Planejamento e Gestão reuniram-se no Palácio do Planalto, em Brasília, para negociar as reivindicações dos aeroportuários.

Governo recua e reabre negociações, aeroportuários antecipam fim da greve em Brasília e Cumbica

Os aeroportuários encerraram a greve nos aeroportos de Guarulhos e Brasília, após assembleias realizadas na manhã desta quinta-feira (21/10). Segundo o diretor do Sindicato Nacional dos Aeroportuários (Sina), Samuel Santos, que integra a coordenação da greve, a decisão foi tomada pelos trabalhadores após receberem uma proposta oficial da Secretaria de Aviação Civil (SAC), com garantias trabalhistas no processo de concessão dos aeroportos. No aeroporto de Viracopos, em Campinas, os trabalhadores avaliaram, em assembleia realizada à tarde, que a proposta do governo não atende às suas demandas, e ainda estudam se encerrarão a greve à meia-noite, ou continuam o protesto. 

Todo apoio à greve dos aeroportuários

A partir da zero hora do dia 20 de outubro (próxima quinta-feira), os aeroportuários que atuam em Campinas, Guarulhos e Brasília iniciam uma greve de dois dias em protesto contra a proposta de privatização dos três aeroportos.

Fentac/CUT apoia a luta e a greve dos aeroportuários contra a privatização da Infraero

A Federação Nacional dos Trabalhadores em Aviação Civil da CUT (Fentac/CUT) apoia a greve que está sendo organizada pelo Sindicato Nacional dos Aeroportuários (Sina) em protesto à privatização dos aeroportos da Infraero. A greve é planejada para ocorrer nos dias 20 e 21 de outubro, nos três aeroportos que serão objeto de concessão pelo governo Dilma: Viracopos (Campinas-SP), Cumbica (Guarulhos-SP) e Brasília (DF).

Ato em Cumbica marca luta contra privatização dos aeroportos da Infraero

Os delegados da 13ª Plenária da CUT, incluindo os dirigentes sindicais do setor aéreo, realizaram um grande ato nesta sexta-feira (7/10), no encerramento do evento, no Aeroporto Internacional André Franco Montoro (Cumbica), em Guarulhos (SP).

Aeroportuários: Decepção em reunião com ministro Bittencourt

Matéria publicada na Coluna Turbulência do Sindicato Nacional dos Aeroportuários: CUT, SINA e CNTT saem decepcionados da audiência com ministro Bittencourt  Como foi informado, o presidente da Central Única dos Trabalhadores/CUT, Artur Henrique, o presidente do SINA, Francisco Lemos, e o presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Transporte/CNTT-CUT, Paulo João Estausia, foram recebidos em audiência pelo ministro Wagner Bittencourt, da Secretaria da Aviação Civil da Presidência da República/SAC, ontem, 09/06.

Últimas Notícias