Indústria aérea mundial espera crescimento de US$ 31.8 milhões em 2018

Para a IATA, a forte demanda, a eficiência e a redução de gastos foram os fatores que contribuíram para o bom desempenho e rentabilidade das empresas aéreas em nível global

1161

A indústria aérea mundial espera faturar US$ 38,4 milhões em 2018 (31.851,9 milhões de euros), um crescimento de 11,3% em comparação ao ano de 2017, segundo previsão da IATA (Associação Internacional de Transporte Aéreo), divulgada no último dia 5 de janeiro. 

Segundo a entidade, a estimativa é que a indústria aérea mundial obtenha um crescimento no número de passageiros transportados da ordem de 6%, cerca de 4,3 milhões, e um aumento de 4,5% nas cargas transportadas, ou seja, 62,5 milhões de toneladas. 

Para a IATA, a forte demanda, a eficiência e a redução de gastos foram os fatores que contribuíram para o bom desempenho e rentabilidade das empresas aéreas em nível global.

“Esses são bons tempos para a indústria da aviação do transporte aéreo mundial. Em 2018, a indústria enfrentará desafios, muitos deles estarão nas mãos dos governos”, destaca nota da IATA.

* Com Aerolatin News