Aeroviários da base do Sindicato Nacional vão participar da Greve Geral na sexta (28)

Segundo o SNA, os dirigentes estão organizando paralisações nos terminais, com início no turno a manhã, sem horário previsto para término

910

Os aeroviários da base do Sindicato Nacional vão aderir em peso na sexta (28) à Greve Geral, contra as reformas trabalhista, da previdência, e contra a Lei da terceirização irrestrita propostas pelo governo ilegítimo de Temer.

Segundo o Sindicato Nacional dos Aeroviários (SNA),  os dirigentes das bases estão organizando  paralisações nos Aeroportos, com início no turno a manhã, sem horário previsto para término.

28 de abril, greve geral

 A CUT e as centrais sindicais definiram o dia 28 de abril para um novo movimento nacional de protestos e paralisações contra as reformas do governo golpista de Temer, incluindo Previdência, legislação trabalhista e terceirização. "Vamos parar o Brasil" é o tema da mobilização, que ocorrerá às vésperas do 1º de Maio e pretende influenciar nas propostas em discussão no Congresso.